Laudos afirmam que Raíssa foi estuprada antes de ser morta pelo menino de 12

Polícia ainda aguarda o resultado do cruzamento do material biológico encontrado na menina com o do DNA do menino que confessou o crime A perícia concluiu que a menina Raíssa Eloá Caparelli Dadona, de 9 anos, foi estuprada e morta por asfixia mecânica em 29 de setembro no Parque Anhanguera, na Zona Norte de São Paulo. […]

Fechar
Social profiles

Nas redes